20 julho 2019

uma garantia


estava morrendo de saudades de sentar na frente do computador e simplesmente escrever. abri a aba de post, toda em branco, fiquei olhando pra ela, percebi que talvez esteja mais na minha fase leitora, do que "escritora" (se é que tenho direito de me rotular assim). o tal do bloqueio criativo? sei lá. talvez um pouco de medo de gerar um conteudo irrelevante, ou medo de se expor e escrever tudo o que está aqui dentro. nao é nada demais, mas nada de menos também. pensamentos, sentimentos, dificuldades, alegrias, essas coisas que toda vida real tem sabe?

até que uma música nao saiu da minha cabeça, aquela da Laura Souguellis, eu nao estou só, eu nao estou só, Ele está comigo, sabe? se ainda nao ouviu joga no google é linda. resolvi criar uma imagem pra postar na fanpage, e decidi colocá-la aqui no blog também em formato de post.

queria muito que esse fosse um textao cheio de sabedoria, com palavras quentinhas para aquecer o seu coração, mas nao me vem nada em mente pra te dizer além do que a propria música já diz.

eu nao sei da sua vida, nao sei como foi seu dia, nao sei como esta sendo seu ano, nem seu mês, talvez voce esteja tao feliz que este post possa lhe parecer um pouco melancolico, ou talvez esteja tao triste que chegou até aqui pra esperar um "sim salabim", uma palavra mágica, um shazam que fara seu dia ficar melhor. e nas duas opçoes te peço desculpa por te decepcionar.

só quero te lembrar mesmo, que independente da sua crença, do momento que você está vivendo, ou do seu humor do dia, saiba que você nao está só, Jesus prometeu que nao nos deixaria só, e que estaria conosco todos os dias, até a consumação dos séculos (mateus 28.20), e que Ele estar conosco nao é garantia de que tudo vai sempre sair do jeito que nós gostariamos, mas a garantia de que mesmo que tudo der errado, ainda assim ele continuará ali, do nosso lado.

Um super beijo, fiquem com Deus

Estephani

08 junho 2019

#DTC - hoje faz 6 meses

{via}

Bom pra começar quero explicar pra vocês que a #DTC,  é a mais nova categoria do blog, e que significa: Diario da Transição Capilar.

Sim, eu me rendi a ela novamente, fiz um post em fevereiro falando que estava "namorando" de novo a transição capilar, e aquele post me impulsionou a tentar de novo.

Agora nessa nova fase, uma mulher mais madura, mais segura, mais confiante, achei que seria mais fácil, mas preciso confessar que to surtando de novo.

É muito engraçado as ironias da vida, né? Quando estava fazendo progressiva, retocava de dois em dois meses pois minha raiz estava enorme. Agora na transição capilar... hoje completa exatamente seis meses, isso mesmo, seis meses que nao faço mais quimica no meu cabelo, e acreditem, tem apenas 3 dedos de raiz.

O que me deixa mais louca na verdade é que ele já está grande pra conseguir deixar solto (sem fazer chapinha por exemplo) e ao mesmo tempo está muito pequeno para corta-lo e assumir a cacheada que há dentro de mim.

Na tpm acho que é a época  mais dificil, pois realmente nao estou conseguindo mais deixá-lo solto, e  naquela loucura de hormonios, é muito facil se olhar no espelho e ver aquela "cara de sempre" e aquele cabelo "sempre preso" e pensar em desistir e "tacar" uma progressiva de novo, pra dar um up na auto estima. mas, respiro fundo e vou no salão apenas fazer uma hidratação + escovinha,  passo uma make legal, um batom escuro (pra mim sempre ajuda passar um batom mais forte) e consigo me acalmar, até a proxima tpm...

Dramas à parte, só quem passa pela transição sabe o quanto é dificil, estou pensando em tomar alguma vitamina pra ver se acelera o crescimento do cabelo, e também comprar algum shampoo bomba.

Mas e você que está passando ou já passou por essa fase, conta aqui nos comentários como voce se sente, se você se identifica, o que fez/faz pra se motivar quando bate a bad, o que usou/usa para ajudar nessa fase? bora trocar dicas?

Um super beijo e fiquem com Deus,

Estephani

26 maio 2019

coragem

{via}
Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar". Josué 1:9
Gostei muito da definição de coragem que achei no wikipédia:

Coragem (do latim coraticum, do francês cor-age) é a capacidade (muitas vezes tida como virtude) de agir apesar do medo, do temor e da intimidação. Deve-se notar que coragem não significa a ausência do medo, e sim a ação apesar deste. 

Talvez, você assim como eu vai precisar tomar algumas decisões essa semana que exijam coragem e gostaria de te encorajar a nao tomar essa decisão sozinha (o). Nada melhor que o nosso Deus que nos fez e que nos ama para nos direcionar para o melhor caminho. 


E como em Josué, o que Ele te orientar, confie e creia que será um caminho de paz, apesar das dificuldades que possam surgir.

Um super beijo,

Steh Lima

31 março 2019

paz


Não é sobre a ausencia de problemas, é sobre ter paz em meio ao caos. E essa foi uma das bençãos que herdamos com a morte de Jesus Cristo: Paz. A paz que excede todo o entedimento humano, a paz que nao é circunstancial, a paz verdadeira que ao mesmo tempo que nos faz ter fé e esperança que vai melhorar nos traz o contentamento. Desejo que a nossa semana seja cheia da paz de Deus!
Um super beijo,
Steh Lima,

17 março 2019

{sobre escolhas, equilibrio, vida saudavel e mais natural...}


Sempre gostei de ler blogs sobre vida mais natural, consumo consciente, alimentação saudavel, vegetarianismo, veganismo, baixo impacto no planeta, e esse ano tenho me interessado ainda mais nesses assuntos.

Aos poucos tenho feito escolhas mais naturais, e apesar de muitas vezes dar passos de formiguinha, fico muito feliz de ter sentido esse "despertar" , sao pequenas mudanças que muitas vezes a gente pode achar que nao faz nenhuma diferença mas que já é um grande começo. Por exemplo: desde que me casei optei por tomar decisões mais saudaveis sobre nossa alimentação, eu era muito acostumada com temperos industrializados, daqueles "práticos" que tem sabor de comida gostosa e é uma explosão de sódios e conservantes sabe? Aos poucos fui tirando da nossa alimentação, e posso dizer que há quase 3 anos ou até mais, aqui em casa só utilizamos temperos naturais.

Obvio, nao foi uma substituição fácil, mas ajudou muito nao só na retençao de liquidos, como também no bolso. Já parou pra perceber como aqueles negocios sao caros? rs. Trocamos por temperos mais naturais que normalmente compramos frescos na feira ou horti-fruti, como açafrao, colorau, pimenta do reino, tempero baiano, (nao sei se tem por aí mais é uma misturinha deliciosa de cominho, pimento do reino, semente de coentro, pimenta vermelha...), chimichurri <3

Também ao ir no mercado, tenho lido mais os rotulos, e tentado comprar (pois nem sempre é po$$ivel) produtos com menos ingrediente, por exemplo, trocamos a margarina pela manteiga, (usamos a margarina apenas para receitas, o que ainda nao é ideal, mas como disse estamos indo aos poucos no nosso ritmo, nas nossas condições,) o oleo composto pelo azeite de oliva, o creme de leite em caixinha pelo creme de leite em lata (olhe o rotúlo e veja a diferença, é enorme), e agora vamos tentar reduzir o consumo de carne vermelha, mês que vem conto pra voces se conseguimos e como esta sendo.

Além disso tenho começado a pensar mais consciente nao só em relaçao ao que eu ingiro, mas também ao que vai na minha pele como: maquiagem, cremes, desodorantes, perfumes, e também em relaçao ao planeta, a quantidade de lixo que eu produzo, a quantidade de plasticos descartáveis  desnecessarios que eu uso, e o que eu posso fazer para mudar isso.

Nao sou radical, nao sou extrema, nao sou perfeita,  apenas estou aprendendo e me despertando, tentando mudar o que eu posso, de acordo com o que funciona pra mim, pra minha casa, pro meu bolso, pra minha familia, pra minha realidade, como já falei, estou dando passos de formiguinha, nao sei como serei mais pra frente, pode ser que eu nao me torne vegana, mas talvez eu consiga nao comer mais carne vermelha, nao usar mais descartáveis nas festinhas aqui de casa
e usar cosmeticos mais naturais que nao testam e nao usam ingrediente de origem animal.

Pode parecer pouco pra voce, mas  se cada um de nós começasse com um pouco, esse pouco feito por milhoes de pessoas acabaria sendo melhor do que nao fazer nada.

É isso, espero que tenham gostado desse post, o assunto ficou longo, pois sao tantas coisas legais a se falar, mas me conta o que voce pensa sobre isso, se é importante ou nao pra voce, uma excelente semana,

Um super beijo,

Steh Lima

10 março 2019

um bolo acidentalmente vegano


 Sempre que posso gosto de fazer bolos, confesso que estava sempre optando por massa pronta por ser mais pratico e por nao ter erro (é só eu que fico mega frustrada quando dá errado?), mas devido a grande quantidade de bananas maduras que eu tinha, resolvi por a mao na massa, e fazer um totalmente caseirinho.

Coloquei o forno pra pré-aquecer, untei a forma, comecei a separar os ingredientes e pá! Percebi que nao tinha ovo, e por ser feriado e devido ao horário nao ia achar em nenhum local pra comprar. Até que me lembrei esses dias que estava lendo sobre um "substituto" do ovo para veganos, e resolvi testar, e gente nao é que deu certo?

Resolvi entao compartilhar minha receita aqui com vocês, a original peguei do blog Amando Cozinhar, mudaram poucas coisas, bora lá?

Ingredientes:

1 xícara de chá de óleo
3 colheres de sopa de chia
9 colheres de sopa de agua
5 bananas pequenas amassadas
2 xícaras de chá de açúcar
2 e 1/2 xícaras de chá de farinha de trigo peneirada
1 colher de sopa de canela
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de fazer:

Primeiramente vamos "fazer nosso ovo", para isso, triture as 3 colheres de sopa de chia até virar uma farinha, misture com as 9 colheres de agua e deixe de 15 a 30 minutos hidratando, enquanto isso ligue o forno e vá pré-aquecendo a 180 graus.

Logo depois, amasse as bananas, (usei 5 pequenas, pois eram muito pequenas mesmos), e bata no liquidificador a chia hidratada, as bananas, o oleo, o açucar e a canela. Após bater, coloque em um recipiente, e misture aos poucos a farinha, por ultimo acrescente o fermento e leve para assar .

Usei uma forma com furo, e levou 30 minutos para assar.

P.S: ao invés de usar o liquidificador usei o mixer, o que achei que pode ter comprometido um pouco a fofura do bolo, ele nao ficou massudo, mas poderia ter ficado bem mais fofo

Depois que me dei conta que sem querer acabei fazendo um bolo vegano, e amei a ideia. Nao sou vegana mas leio muito sobre, e estou tentando aos poucos repensar mais sobre meus hábitos alimentares, sobre o lixo que eu produzo desnecessáriamente, sobre plástico, enfim, afinal temos que cuidar do que Deus nos deu né?

Quando ficou pronto o bolo eu resolvi fazer uma cobertura de chocolate, que infelizmente nao foi vegana, mas combinou muito bem também! Mas dá pra comer puro tranquilamente.

Se fizer, promete que vai vir aqui me falar o que achou?

Um super beijo,

A sra. Lima

05 março 2019

{sobre procrastinação, ansiedade & vida simples}


sabe aquela frase: melhor feito do que perfeito? então, tenho tentado aplicar na minha vida, e confesso que apesar de ser março, posso dizer que 2019 começou com tudo, fiz mais coisas até agora, do que ano passado inteiro exatamente por evitar procrastinar.

uma das minhas metas para esse ano, foi não deixar de fazer nada por preguiça ou qualquer outro motivo banal, seja uma mesa posta caprichada, seja sair com o marido, seja aquela organização no guarda roupa (que tá precisando e muito), seja receber amigos ou sair com eles. Sabe 2019 chegou com tantas noticias tristes, tantos acontecimentos tão duros, que uma das maiores lições que tirei disso é que a vida é curta demais pra ficar empurrando com a barriga, deixando pra depois, esperando o momento e as circunstancias ideais.

Uma das minhas orações também, tem sido para que Deus me faça encontrar alegria nas coisas simples, tentar viver uma vida mais leve, viver com menos ansiedade, nao se preocupar com o dia de amanha e viver cada dia o seu mal (mateus 6.34), definitivamente nao é uma tarefa fácil, mas Ele tem me ajudado tanto.


De janeiro até hoje, 4 de março, aqui em casa nós:
Saímos com os tios, fizemos passeios na praça depois do almoço de domingo, eu conheci uma amiga virtual e tivemos um momento delicioso de comunhão.

Recebemos amigos, visitamos os novos bebes da família, revemos familiares que há muito tempo não víamos mais, e realizamos o sonho do meu irmão <3

Isso sem contar com outras coisas que tem acontecido mas, escreverei em um post separado.

Meu coração está cheio de gratidão, e só tenho a agradecer a Deus por tudo que Ele tem me permitido viver, mas acima de tudo por me fazer entender que a vida é um dom, que hoje é tudo o que eu tenho, que familia é o bem mais precioso na face da terra, e que colecionar sorrisos e momentos felizes é melhor do que colecionar o mais raro bem.

Um super beijo,

A Sra. Lima